Chespirito:

Programa Chespirito ou, como é conhecido no Brasil, Clube do Chaves


Sobre | Quadros | Outros Personagens

Mesmo com o fim dos programas Chaves e Chapolin no início da década de 80, Chespirito não deixou de trabalhar. Sem a presença de Carlos Villagrán (Kiko) e Ramón Valdés (Seu Madruga), nesta época, Roberto Goméz Bolaños voltou a gravar quadros com diversos de seus personagens em um único programa, o Programa Chespirito. Conforme explicado nas seções de Chaves e Chapolin, antes de serem programas solos, eles faziam parte do Programa Chespirito no início da década de 70. Com a volta em 1980, os seus dois maiores sucessos tornaram a ser quadros novamente.

Botijão, Sargento Refúgio e Chaveco (como é conhecido o Chômpiras no Clube do Chaves).

Vários personagens, inclusive conhecidos dos fãs, voltaram a tona. Chômpiras, que fez diversas esquetes nos programas Chaves e Chapolin, teve um destaque especial. O antigo parceiro Peterete, interpretado por Ramón Valdés, foi substituido pelo Botijão, interpretado por Edgar Vivár.

Outros personagens também apareceram bastante, como o Dr. Chapatin. Mas também outros foram criados para fazer parte do programa, como Chaparron Bonaparte e Dom Caveira.

Pancada (nome do Chaparrón Bonaparte em Clube do Chaves) e Lucas.


Com este programa, Chespirito tinha a liberdade de homenagear os artistas que gostava. Por diversas vezes, viu-se quadros em que copiava integralmente os personagens Charlie Chaplin e o Gordo e Magro (Stan Laurel & Oliver Hardy).

Quadro do Gordo e Magro interpretado por Chespirito e Edgar Vivár!


O quadro Chaves deixou de ser produzido em 1992 e, Chapolin, em 1994. O programa Chespirito deixou de ser realizado em 1995.

No Brasil:

Abertura do Clube do Chaves no SBT.

Para surpresa dos fãs, o Programa Chespirito foi exibido no Brasil em 1997, na CNT (Gazeta)! Neste caso, a emissora divulgava o programa como uma "nova versão do programa Chaves". O Programa estreiou no dia 1 de junho de 1997, às 19h com os quadros do Dr. Chapatin, Chaves, Chômpiras e Chaparron Bonaparte. Segundo informações do Gustavo Berriel, a abertura e os créditos finais foram exibidos. O Programa Chespirito era exibido de segunda a sexta em horário nobre, às 20h30m. E aos domingos, mais cedo, às 19h. O programa durou pouco por um pequeno contrato feito com a Televisa.



No dia 2 de julho de 2001, às 13h30 foi ao ar no SBT com o nome de Clube do Chaves. O programa contava com cerca de uma hora de duração. Mesmo com a mudança radical do título do programa, o formato era semelhante ao da CNT e o original, com quadros dos personagens de Chespirito gravados entre 1987 e 1995.

A nova dublagem, as BackGround Musics (BGM's - músicas de fundo ou de ambiente) utilizadas, além da idade dos atores (que não tinham a mesma agilidade das séries da década de 70), da ausência de Carlos Villagrán e Ramón Valdés e o excesso de remakes foram atribuídas como as principais causas do não sucesso do programa no Brasil pelos fãs. O programa chegou a ser usado como "tapa-buraco" do SBT às 5h00 da madrugada.


Saiba os horários de exibição de Chapolin no Brasil:

Canal: Dia da semana: Hora:
SBT Fora do ar -
Cartoon Network Sem exibição -
TLN Sábado e Domingo 10h00